Navegação

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Você está aqui: Página Inicial / Mau Hálito (halitose) / Devo fazer uma avaliação clínica?

Devo fazer uma avaliação clínica?

Halitose – Devo fazer uma avaliação clínica?

A maneira mais segura de se ter a certeza sobre a qualidade de seu hálito é através do auxílio de uma pessoa de sua intimidade. Pergunte: Meu hálito está forte? Meu hálito costuma ser forte?

Entretanto, caso não queira contar com o auxílio de outra pessoa, formulamos abaixo algumas situações que podem causar alterações do hálito. Caso você já suspeite do problema e se enquadre em, pelo menos, 5 situações abaixo, recomendamos fazer uma avaliação clínica.

sim não
Costumo ter muito muco nasal
Percebo que as pessoas se distanciam quando falo muito próximo delas
Não evacuo diariamente
Sinto gosto ruim na boca
Percebo cheiro desagradável em minha saliva e/ ou no fio dental
Tomo bebidas alcoólicas com freqüência
Faço uso de enxaguatório bucal com álcool
Quase não tomo água
Sou respirador bucal
Faço 3 refeições por dia e não “belisco” nos intervalos
Tenho alterações hormonais
Sinto minha boca seca com freqüência
Sou fumante
Quando espirro ou tusso, saem “bolinhas” pegajosas de minha garganta
Não uso fio dental com freqüência
Minha gengiva sangra quando escovo os dentes e/ou uso o fio dental
Tenho dificuldade em higienizar meu aparelho ortodôntico ou prótese fixa
Percebo a presença de material esbranquiçado ou amarelado na língua

Caso o teste acima tenha evidenciado a possibilidade de você possuir o hálito alterado, não hesite em procurar ajuda, pois halitose tem cura.

Aviso Importante: O objetivo destas páginas Web é facilitar a comunicação de informações odontológicas. Em nenhuma circunstância elas devem substituir a atenção por parte de um profissional da saúde.