Causas

O que causa a doença periodontal?

Vários fatores encontram-se associados a essa doença. O principal, é a presença de um depósito mole chamado de placa bacteriana.

percausa1

Nesta figura ocorre a presença de placa nos dentes, entretanto ela é bem pouco perceptível.

 

Percausa2

Os mesmos dentes logo após a revelação da placa por corante apropriado.

 

Percausa3

Nesta foto, a placa dental já é bem mais evidente, entretanto para um olhar menos atento ela pode passar desapercebida.

 

Percausa4
Novamente após revelação da placa por corante adequado (desta vez azul).

Alguns fatos sobre a placa dentária:

  • É a principal causa das doenças periodontais.
  • Consiste quase que inteiramente de bactérias que normalmente habitam a boca.
  • Forma-se continuamente em todas as bocas e um filme visível de placa demora aproximadamente 24 horas para crescer.
  • Pode ser revelada, para que fique mais fácil vê-la.
  • As bactérias da placa não dependem da ingestão de alimentos para crescerem, porque os nutrientes adequados estão presentes na boca, especialmente quando há uma inflamação na gengiva.
  • A conexão das bactérias com a superfície do dente é forte. As bactérias têm que ser deslocadas da superfície através da escovação, do uso do fio dental e de outras formas de higiene bucal.
  • A placa que não é tratada cresce e torna-se mais espessa, com mais bactérias e espécies diferentes de bactérias. Ela fica potencialmente mais prejudicial quando cresce sob a margem gengival.
  • À medida que a placa amadurece, algumas bactérias podem produzir um odor desagradável, provocando a halitose.
  • Alguns colutórios (enxaguatórios bucais) ajudam a prevenir a formação da placa, mas eles não removem a placa estabelecida e não penetram sob a margem gengival.
  • A placa endurece ou se mineraliza, formando cálculos acima e sob a gengiva.

Entretanto, os danos provocados pela placa bacteriana variam conforme a resposta do sistema imunológico de cada indivíduo. Alguns fatores poderão exacerbar a doença periodontal (como tabaco, diabetes, alterações hormonais, deficiência vitamínica, estresse, hereditariedade, pobre higiene bucal, ingestão freqüente de álcool, etc).

 

O diagnóstico da periodontite depende de um exame minucioso com sondagem milimetrada das bolsas periodontais onde iremos detectar a presença e o grau de comprometimento da doença.

Percausa6
Demonstração de como é realizada a sondagem

 

Os exames clínico e radiográfico orientam-nos quanto ao tratamento a ser indicado.

Para a saúde gengival, você deverá realizar uma correta higiene bucal.

 

 

São modalidades da doença periodontal:

Percausa7

gengivite inicial. Nesta situação ainda não ocorreram perdas nos tecidos de sustentação do dente, tais como, suporte ósseo e ligamento periodontal.

 

Percausa8

periodontite avançada e evidente. Este tipo de periodotite é de fácil diagnóstico clínico, porém requer um atendimento junto a um especialista (periodontista) devido ao grande grau de comprometimento das estruturas de sustententação e proteção dos dentes.

 

Percausa9
periodontite não evidente. Este tipo de periodontite é tão grave quanto a anterior, porém é de difícil diagnóstico clínico, devido ao fato de se ocultar sob uma gengiva aparentemente saudável.

Tome cuidado com a força aplicada. Tanto a escovação quanto o uso de fio dental não deverão provocar sangramentos e, se isto ocorrer, você deverá procurar o seu periodontista.

 

 

 

Aviso Importante: O objetivo destas páginas Web é facilitar a comunicação de informações odontológicas. Em nenhuma circunstância elas devem substituir a atenção por parte de um profissional da saúde.